Home / Plano de Aula / 11 Livros sobre Ciências Políticas

11 Livros sobre Ciências Políticas

D52DR7 Hispanic girl studying at desk

Apesar do recente reconhecimento enquanto ciência, desde a antiguidade pensadores como Platão e Aristóteles se debruçam sobre essas questões. Ou seja, suas raízes estão diretamente ligadas à história do conhecimento humano.

De modo geral, a Ciência Política engloba os estudos de fenômenos ligados às estruturas políticas de forma sistemática, fundamentando-se em observações empíricas profundas e tomando como base argumentos racionais.

É uma das disciplinas das Ciências Sociais que se encarrega de estudar o comportamento político, sistemas de governo, atos e atores que participantes das atividades políticas, entre outros.

Tratando-se de um tema complexo, diversas áreas do conhecimento acabam se entrelaçando a ela, principalmente por ter surgido em um momento em que as demais ciências sociais viviam uma efervescência de ideias e teorias, colocando o progresso científico em voga.

Para quem se interessa pelo tema, é estudante ou profissional da área, fizemos uma seleção de livros sobre Ciências Políticas. Incluímos desde autores clássicos, como Maquiavel, até os contemporâneos, como o jurista brasileiro Celso Ribeiro Barros. Confira as nossas sugestões e tenha uma boa leitura!

Impossível começar a lista com um livro diferente. A obra do autor italiano é a mais básica para quem se interessa por ciências políticas e áreas afins. Maquiavel escreveu O Príncipe em 1513, e graças a ele, ficou conhecido como “pai da ciência política moderna”. A obra é precursora do conceito de Estado enquanto forma de organização da sociedade, tal como conhecemos hoje. O clássico, quando foi concebido, era um manual que tinha o objetivo de ensinar a um novo príncipe, que para controlar seu Estado é necessário agir com sutileza e astúcia, e mais, manter um exército consolidado.

Dando continuidade às obras básicas, o primeiro volume de Os Clássicos da Política faz uma reunião dos personagens que acompanharam a formação do Estado moderno, no processo que engloba mais de dois séculos da história da Europa. A obra reúne textos fundamentais para entender as ideias de autores consagrados. Além do já citado Maquiavel, Montesquieu, Rousseau, Hobbes e Locke.

About admin

Check Also

O que fazer para combater e evitar a prática de bullying?

Demonstrações de selvageria, por exemplo, atormentar, podem danificar pessoas exploradas, bem como observadores e associados. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *